Sobrou arroz? Tem ovos? Omurice!

em

Omurice

Um dia desses estava na internet buscando algum site que falasse sobre técnicas de cozinha. Queria algo que não falasse somente das receitas, mas que explicasse também o porque das coisas serem feitas de determinada maneira. Foi assim que achei o excelente No Recipes. Marc Matsumoto, o autor desse blog, é um americano descendente de japonês que trabalha não só como cozinheiro, mas também e fotógrafo de alimentos e deixa as suas origens registradas em suas receitas. E foi uma delas que me chamou a atenção em especial: o omurice.

Omurice, prato da cozinha moderna japonesa, é a contração das palavras omuretsu (omelete) e rice (pronuncia-se raisu, arroz), e nada mais é que arroz temperado envolvido por um omelete. Dependendo do tipo, o arroz pode ser misturado com frango, carne ou legumes. Além disso, para incrementar o prato, pode-se usar catchup ou molho demi-glace para dar um sabor especial.

O que eu acho mais fantástico nessa receita é o fato de podermos usar os restos que temos na geladeira para fazer um prato apresentável e gostoso. E alem de poder usar praticamente qualquer sobra coisa para misturar no arroz, fica bom mesmo! Eu particularmente não sou grande fã de catchup e duvidei um pouco da receita, mas a combinação dele com o arroz temperado e o ovo é certeira.

Então um dia, buscando o que cozinhar, olho na geladeira e vejo sobras de arroz e um filé e meio de frango grelhado. Pensei logo no omurice. Olhei a receita, adaptei para os ingredientes daqui e as minhas próprias medidas e logo coloquei a mão na massa.

A receita não demora nada para ser preparada e é fácil de fazer. Um pouco de prática é necessária para colocar o omelete sobre o arroz sem quebrá-lo (na foto da para perceber que eu pequei nesse quesito), mas não é nada que possa arruinar o prato.

Omurice

Dificuldade: Facil
Rendimento: 1 porção
Preparo: 10 minutos
Cozimento: 10 minutos

Para o omelete:

  • 2 ovos médios
  • 1 colher de sopa de creme de leite (aqui usei creme fraîchê)
  • Salsinha para decorar
  • Sal e pimenta do reino a gosto

Para o arroz temperado:

  • 1 xícara (100 gr) de arroz cozido
  • 1 filé de frango grelhado
  • 1/2 cenoura pequena
  • 1/2 cebola
  • 1 dente de alho
  • 1 colher de sopa de catchup
  • Azeite para fritar

Preparo:

Corte a cebola e a cenoura em pequenos cubos, pique o alho e desfie o frango. Em uma frigideira anti-aderente de mais ou menos 22 cm aqueça o azeite em fogo médio e frite a cebola até ficar transparente. Adicione o alho e a cenoura e mexa até ela começar a ficar macia. Então junte o frango e continue mexendo até esquentá-lo. Coloque então o arroz e com uma espátula quebre os blocos até desfazê-los por completo. Então adicione o catchup e misture bem. Acerte o sal se necessário. Retire do fogo e com a ajuda de uma tigela, monte o arroz em um prato.

Bata os ovos em uma tigela junto com o creme, o sal e a pimenta até ficar uniforme. Volte a frigideira para o fogo, coloque mais um fio de azeite e adicione a mistura de ovos. Quando não tiver muito mais líquido sobrando, abaixe o fogo e cubra com uma tampa. Quando estiver firme, escorregue o omelete por cima do arroz. Salpique a salsinha e sirva.

O omurice também pode ser servido como o omelete tradicional: se preparado em uma frigideira maior, o omelete ficará mais fino, facilitando na hora de enrolar. Assim, o arroz pode servir literalmente de recheio e o prato pode ser servido no estilo de um wrap.

O vinho:

Vinhos brancos são tradicionalmente servidos com omelete. Vinhos brancos geralmente são servidos com frango. Mas dessa vez resolvi experimentar. Como o catchup dá uma encorpada no sabor do prato, resolvi apostar em um tinto leve. Chequei o que tinha aqui em casa e resolvi optar por um Pinot Noir alemão.

Atualmente a Alemanha é prestigiada pelos seus grandes vinhos brancos, mas não leva muito reconhecimento por seus tintos. Esse Pinot Noir não me deixa mentir. É um tinto OK, sem nenhuma explosão de sabor. Mas justamente por ser discreto na boca, harmonizou bem com o omurice sem se sobrepor ao prato.

Divirtam-se e bom proveito!

Anúncios

4 comentários Adicione o seu

  1. Rosa disse:

    Um bom prato para a janta, pq sempre sobra arroz.

  2. Hummm…. profissional!!! Gostei Pipi!!! Bjs

  3. Anônimo disse:

    muito bom

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s