Moussaka

em

130405_Moussaka

Para quem não conhece, o Moussaka, originário da cozinha balcânica e mediterrânea, é um prato a base de carne e beringela. Existem diversas variantes, mas a grega é a minha favorita, servida como uma espécie de lasanha com três camadas. A base é composta por fatias de beringela, coberta por uma camada de carne e molho de tomate. Por cima, o molho Béchamel. Tudo isso gratinado no forno.

Particularmente, eu prefiro fugir do jeito tradicional de montar o Moussaka grego, que consiste em apenas uma espessa camada de beringela e outra de carne, e ao invés disso intercalar os dois em camadas mais finas. Isso dá mais estabilidade ao prato, diferença que nota-se já na hora de cortá-lo. Outra coisa que ajuda bastante (e sempre que esqueço de fazer acabo me arrependendo) é adicionar ovos batidos à carne e ao Béchamel antes de montar tudo na forma. Os ovos deixam essas camadas mais firmes, diminuindo o risco do pedaço se desmontar na hora de servir.

O toque especial desse prato fica por conta da pimenta jamaica, vendida no Brasil também como pimenta síria. Tem um sabor que lembra cravo, canela e noz-moscada, combinando perfeitamente com a carne.

pimentajamaica

Apesar de ser uma receita não tão simples de fazer, exigir um longo tempo de preparo e diversas panelas para lavar, não há muita chance de dar errado. E posso dizer a vocês que o esforço vale a pena.

Moussaka

Dificuldade: 0_Dificil
Rendimento: 6 porções (com acompanhamento)
Preparo: 60 minutos
Cozimento: 40 minutos

Ingredientes:

130405_Moussaka_0

Para a base:

  • 3 beringelas grandes
  • azeite para fritar
  • sal e pimenta a gosto

Para a carne:

  • 1 kg de carne moída
  • 1 colher de chá de pimenta jamaica moída
  • 6 dentes de alho
  • azeite para fritar
  • sal a gosto

Para o molho vermelho:

  • 4 tomates maduros
  • 1 cebola
  • um ramo de orégano fresco
  • uma colher de sopa de salsinha picada
  • 1 colher de chá de açúcar (de preferência açúcar demerara)
  • azeite
  • 1 folha de louro
  • 1 ovo
  • sal a gosto

Para o molho béchamel:

  • 500 ml de leite gelado
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 3 colheres de sopa de farinha de trigo
  • 1 cebola pequena
  • 1 pitada de noz moscada
  • 1 ovo
  • sal a gosto

Preparo:

1. Corte as beringelas em fatias de aproximadamente 1 cm. Então coloque-as em uma peneira ou escorredor de macarrão e salpique sal, deixando descansá-las por meia hora.

130405_Moussaka_1

2. Enquanto isso, corte uma cebola e os tomates grosseiramente. Com um mixer ou no liquidificador, bata os ingredientes cortados junto com o fio de azeite, o orégano e a salsinha até ficar uma mistura homogênea. Como o molho não é o elemento principal do prato, optei por poupar um pouco de trabalho e não tirar a casca e as sementes dos tomates, mas nada impede que este seja preparado só com sua polpa.

130405_Moussaka_2

3. Em uma panela, cozinhe o molho cru de tomate junto com a folha de louro em fogo médio até este mudar de vermelho-alaranjado para um vermelho vivo. Então adicione o açúcar, acerte o sal e reserve.

130405_Moussaka_3

4. Corte os dentes de alho. Em seguida, aqueça o azeite  em uma panela em fogo alto e doure-o levemente. Adicione a carne e frite-a rapidamente, apenas para perder a cor de crua.

130405_Moussaka_4

5. Então junte o molho com a carne, já sem a folha de louro. Misture tudo brevemente, retire do fogo e reserve. É importante que a carne não cozinhe completamente para não ficar seca após o tempo de forno.

6. Corte a outra cebola em cubos pequenos. Então derreta a manteiga em uma panela, junte a cebola e frite-a até ficar transparente. Em fogo baixo, adicione a farinha e misture até obter uma massa (chamada de roux). Quanto mais o roux cozinhar, menor será seu poder espessante. Assim, para esta receita é importante parar o seu cozimento assim que ele se tornar amarelo-marfim.

130405_Moussaka_6

7. Adicione o leite gelado aos poucos e vá mexendo com um batedor de claras. Com o passar do tempo, o molho irá engrossar, mas mesmo assim é importante que este seja cozido por pelo menos 15 minutos, para que o gosto de farinha crua seja eliminado. Acerte o sal, adicione a noz moscada e após o cozimento, reserve o Béchamel.

130405_Moussaka_7

8. Em uma frigideira grande, aqueça um fio de azeite. Em seguida, coloque algumas fatias de beringela, de forma que todas estejam em contato com a superfície da panela. Com a ajuda de uma pinça, frite-as até ambos os lados ficarem dourados. Repita o processo até que todas as fatias estejam fritas, adicionando mais azeite se necessário.

130405_Moussaka_5

9. Após fritar a beringela, ambos os molhos tiveram tempo de esfriar um pouco. Então bata um ovo e misture primeiramente com o molho vermelho. Com isso, a montagem do Moussaka pode ser iniciada. Em uma forma, disponha as fatias de beringela sobre seu fundo. Cubra esta camada com o molho vermelho. Coloque a seguir a segunda camada de beringela e molho vermelho, respectivamente. Se tudo deu certo com o tamanho e espessura das fatias, ainda será possível cobrir o molho com uma terceira camada de beringela. Também não é de extrema importancia que esta camada esteja tão densa quanto as outras.

10. Bata o outro ovo e misture com o  Béchamel. Então despeje o molho, cobrindo os ingredientes já acomodados na forma.

130405_Moussaka_9

11. Leve ao forno a 200°C por 20 minutos, até que o Moussaka esteja gratinado. Sirva ainda quente.

Deixo como sugestão de acompanhamento o arroz branco e o tzatziki, molho típico grego a base de iogurte, pepino e alho.

O vinho:

Como o Moussaka é um prato a base de carne vermelha, pede um vinho tinto como acompanhamento. Mas por levar também beringela e  possuir um sabor delicado, o vinho não pode ser muito encorpado, senão acabaria se sobressaindo em relação ao Moussaka. Por isso escolhemos um Tempranillo espanhol. Sendo um vinho de corpo médio, acompanhou o prato muito bem.

Divirtam-se e bom proveito!

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. Adoro o jeito como você descreve as receitas, Felipe. O texto, mesmo bastante detalhado, flui sem tropeço. Parece que, além da culinária, você é também mestre na arte da escrita. Parabéns, garoto!

    1. Felipe disse:

      Obrigado Beth! Fico feliz que você esteja aproveitando a leitura! Vou encaminhar o elogio para a equipe. O pessoal sempre ajuda na redação e na correção.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s